Crazy | Alanis Morissette



Crazy | Alanis Morissette

Um homem decide depois de setenta anos
Que ele vai para lá para destrancar a porta
Enquanto todos os que o cercam criticam e dormem

E através de uma fenda num muro partido
Vejo-te, meu amigo, e toco no teu rosto outra vez
Milagres acontecerão enquanto sonhamos

Mas nunca vamos sobreviver
A menos que fiquemos um pouco loucos
Não, nunca vamos sobreviver
A menos que estejamos um pouco loucos

Vejo pessoas amarelas a passar pela minha cabeça
Um deles tem uma arma para atirar no outro
E ainda juntos, eles eram amigos na escola
Oh, entendes, entendes, entendes, entendes, não, não, não



Se todos estivessem lá quando tomamos a pílula pela primeira vez
Então talvez, então talvez, então talvez, então talvez
Milagres acontecerão enquanto falamos

Mas nunca vamos sobreviver
A menos que fiquemos um pouco loucos
Não, nunca vamos sobreviver
A menos que estejamos um pouco loucos
Não, não, nunca sobreviveremos
A menos que fiquemos um pouco

 Mais Letras Alanis Morissette

Num céu cheio de pessoas, apenas alguns querem voar
Não é loucura?
Num mundo cheio de pessoas, apenas alguns querem voar
Não é loucura, loucura?
Num Inferno cheio de pessoas, há apenas alguns que querem voar
Não é tão louco, louco, louco, louco?

Mas nunca vamos sobreviver
A menos que fiquemos um pouco loucos
Não, nunca vamos sobreviver
A menos que estejamos um pouco loucos
Não, não, nunca sobreviveremos
A menos que fiquemos um pouco

***


Comentários